Os mortos não votam! O assunto é sério.

“A depuração dos mortos, dos condenados judicialmente e dos incapacitados mentalmente é de LEI. A depuração é feita na Base de Dados dos Cidadãos Maiores entregue a CNE pelo MAT. O facto dessa depuração não ter sido feita antes da entrega a CNE, levantou suspeitas óbvias. Ademais, a CNE entregou o Ficheiro sem depuração ao TRIBUNAL CONSTITUCIONAL. Podemos até imaginar que algum partido se tenha servido de cidadãos falecidos para a sua lista de apoiantes, uma vez que os seus nomes estão validados na Base de Dados constante no Tribunal. O assunto é muito sério!”

Filomeno Vieira Lopes, presidente do Bloco Democrático

-Comentário no grupo do Whatsapp Kesongo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PROCURAR